BARRA DO RIBEIRO

Barra do Ribeiro, pertencente à Região metropolitana de Porto Alegre, um pequeno município, margeado pelo Lago Guaíba, é um local que pode se conhecer a cultura gaúcha, praticar esportes náuticos e usufruir o ecossistema da bacia hidrográfica do Guaíba. A cidade é acessada através da BR 116 e RS 709. Barra do Ribeiro faz divisa com Guaíba, Tapes, Mariana Pimentel, Sertão Santana, Sentinela do Sul, Lago Guaíba e Laguna dos Patos. O Lago do Guaíba e a Laguna dos Patos oferecem aos munícipios praias com belos cenários. É uma cidade próxima da capital do estado com uma rara beleza interiorana.

Compre sua passagem aqui

BARRA DO RIBEIRO praia canto da mulata

Área: 730,8 km²

População: 13 316 habitantes (senso IBGE/2016).

Fundação do município: início do século XIX.

Emancipação de Porto Alegre: 1959.

História

Os primeiros colonizadores a chegarem à região foram os açorianos no início do século XIX. Em 1874, agrega-se à população imigrantes poloneses, italianos e alemães. Assim, a população formou-se com uma mistura de etnias, com a preponderância lusitana.

A cidade teve origem na Charqueada de Antônio Alves Guimarães. Em 1780, Antônio Alves Guimarães recebeu uma sesmaria (área de terra abandonada ou não cultivada que a Coroa Portuguesa cedia para alguém povoá-la), concedida por Dom Luís de Vasconcelos e Souza. Nessa sesmaria, Antônio Alves Guimarães estabeleceu sua charqueada (área de propriedade rural em que se produz o charque).

BARRA DO RIBEIRO 2

Desde o surgimento do povoado de Charqueadas, primeiro nome de Barra do Ribeiro, a localidade pertenceu a Porto Alegre até 1831. Entre o período de 1831 e 1857, a cidade foi distrito do município de Triunfo. Depois, entre 1857 a 1861, integrou o então município das Dores. Com o desaparecimento da autonomia da municipalidade das Dores, o território de Barra do Ribeiro voltou a integrar Porto Alegre. Em 1926, com a criação do município de Guaíba, Barra do Ribeiro passa a integrar o então novel município. Em 1959, Barra do Ribeiro ganha autonomia e é elevada a status de município.

Contrate seu seguro aqui

O munícipio orginalmente se chamou Charqueadas. Depois, mudou para Barra. Por fim, foi alterado o nome da cidade para Barra do Ribeiro. O nome da cidade é em razão do encontro do Arroio do Ribeiro com o Lago Guaíba (popularmente conhecido como Rio Guaíba).

A palavra Barra tem origem em um fenômeno que ocorre no verão. Quando o Arroio do Ribeiro encontra com Rio Guaíba, forma-se uma coroa de areia de um lado ao outro das margens. O Arroio do Ribeiro corta a cidadezinha de leste a oeste, desaguando no Rio Guaíba. O arroio tem uma importante função para economia municipal, pois, além ser área de pesca amadora, é utilizado para irrigação de água para a plantação e pecuária.

Como chegar?

Carro, ônibus. Pela BR-116, chega-se à RS-709, que leva à cidade;

Distâncias de Porto Alegre: 56 km.

O que fazer?

Barra do Ribeiro oferece vários passeios ecológicos, tais como conhecer o Cerro da Cavalhada, Morro da Formiga, Parque Municipal de Barra do Ribeiro, Reserva da Barba Negra. Entres as principais atrações da cidade, estão o Lago do Guaíba, Lagoa dos Patos, Arroio do Araçá e Arroio Ribeiro, com seus belos cenários, local para a prática de esportes náuticos e pesca. A cidade, rica em águas, deu de presente duas simpáticas praias: Canto das Mulatas e Praia da Picada. Outras atrações são a Vinícola Laurentia, a Fábrica de Gaiteiros, Casarões Portugueses Antigos e Fazendas Gaúchas.

BARRA DO RIBEIRO Vinícola Laurentia

Vinícola Laurentia

BARRA DO RIBEIRO Vinícola Laurentia

Reserve seu carro aqui

O tradicionalismo gaúcho convive lado a lado com a prática de esportes náuticos, junto com uma rara beleza da natureza. Circulando pelas ruas da cidade, pode-se avistar casarões portugueses centenários.

BARRA DO RIBEIRO Fazendas Gaúchas

Fazenda Gaúcha

Cerro da Cavalhada

A beleza natural de toda a região pode ser apreciada no Cerro da Cavalhada, popularmente chamado de Cerrinho. Com 383 metros de altitude, é o ponto mais alto da região, oferecendo uma vista cinematográfica de 360º que permite ao visitante olhar todo o entorno de Barro do Ribeiro. Do cerro, avista-se Porto Alegre, Guaíba, Canoas, Lago Guaíba, Lagoa dos Patos, a maior lagoa fluvial do Brasil, e Barra do Ribeiro.

Morro da Formiga

Morro da Formiga, situado ao sul de Barra do Ribeiro, é onde o Lago Guaíba se encontra com a Lagoa dos Patos. O local é uma reserva ecológica pertencente à Aracruz, onde funcionam diversos hortos florestais. Os amantes de caminhadas têm à disposição trilhas para explorar o ecossistema e apreciar a fusão do Rio Guaíba com a Lagoa dos Patos.

O local integra a Reserva da Barba Negra. Criada, em 2010, pela Companhia Celulose Riograndense, é uma das mais belas matas nativas do estado gaúcho, com 2,4 mil hectares. Além do Morro da Formiga, compõem a reserva ecológica florestas de restinga, dunas, banhados, costões rochosos, Praia da Pimenta, Prainha e a Ponta do Salgado. O santuário preserva uma mata com aproximadamente 40 espécies de vegetais, tais como cactos, canjarana, ingá, embaúba, corticeira, figueira, canela, butiá. A Reserva da Barba Negra encontra-se dentro de uma fazenda que tem o mesmo nome. A reserva é uma parte de um todo de 10,6 mil hectares, pertencente à fazenda.

Fazenda Barba Negra

A Fazenda Barba Negra preserva a Casa Grande, edificada no século XVIII. A fazenda viveu vários conflitos da Revolução Farroupilha entre 1835 e 1845. Uma delas é a mais emblemáticas batalhas da Guerra dos Farrapos, que resultou na morte do Cel. Afonso José de Almeida Corte Real (1805/1840), mais conhecido como Cel. Corte Real, defensor dos ideais republicanos dos rebeldes. No dia 11 de junho de 1840, as tropas imperiais atacaram a fazenda de emboscada onde estava o Cel. Corte Real junto com outros rebeldes farrapos. O Cel. Corte Real, aos 31 anos, morreu em combate, na Fazenda Sant’ana, hoje Fazenda Barba Negra, então de propriedade de Marcos Alves Pereira Salgado.

O visitante pode explorar uma mata pristina e conhecer um pouco da história da Revolução Farroupilha.

Parque Municipal da Lagoa dos Patos

Parque Municipal da Lagoa dos Patos (Rua Barão do Jacuí, 245, Centro), também conhecido como Parque Municipal de Barra do Ribeiro, situado no lado sudeste da cidade, junto a Lagoa dos Patos, é um lugar onde o visitante e moradores podem relaxar e descansar aproveitando o ambiente com uma bela praia. A Lagoa dos Patos, maior lagoa de água doce mundo, convida as pessoas à prática de esportes aquáticos e a nadar nas águas próximas da beira do lago. A Lagoa dos Patos é uma importante estrada aquática para transporte, ligando Barra do Ribeiro a Porto Alegre e ao Oceano Atlântico.

O parque tem cabanas mobiliadas, churrasqueira e área para camping. Uma bela flora nativa tem um parque como comboim, branquilo, figueiras, carvalhinhos e tarumãs. O parque tem áreas sombreadas para descansar em dias de sol forte.

O visitante pode passear no lugar e ter contato com a natureza, além de poder se refrescar num dia quente de verão na praia da lagoa.

Arroios

Barra do Ribeiro possui dois arroios: Araçá e Ribeiro. Os dois têm importância para economia local, tanto servindo para irrigação das lavouras, como meio transporte. Embarcações de pesca e lanchas costumam ancoram junto às margens dos arroios. Ainda, é possível fazer belas passeios de barco.

Para os amantes da pesca, as águas do Arroio do Ribeiro e Araçá oferecem uma boa distração. Jogar um caniço no arroio, esperar imaginando iscar um jundiá ou pintado faz parte do mundo do pescador.

Arroio do Araçá

No lado sul da cidade, está o Arroio do Araçá, também conhecido como Arroio do Salgado. A margem do arroio tem atracadouros naturais. As águas que desembocam no Guaíba têm uma profundidade média de 10m. Barcos de pesca, veleiros e iates transitam pelo arroio.

Arroio Ribeiro

Arroio Ribeiro, que empresta o nome à cidade, corta o munícipio de sudeste a nordeste, desaguando no Guaíba junto à praia da Picada. O fenômeno que ocorre no verão, quando há fusão do arroio com o Guaíba, deu origem ao termo Barra no nome da cidade. Uma coroa de areia se forma de um lado a outro da margem do arroio. O arroio tem relevância econômica com a utilização da água para irrigação de lavoura bem como para os animais beberem água. Barcos de pesca amadora e esportiva ancoram na costa do arroio.

Lagoas

Barra do Ribeiro integra a Bacia Hidrográfica do Rio Camaquã, sendo banhada pelo Lago Guaíba e Lagoa dos Patos. Próximo ao Morro da Formiga, as águas do Guaíba se encontram com a Lagoa dos Patos, parecendo um grande mar de águas doces.

Lago Guaíba

Lago Guaíba, principal recurso hídrico da região metropolitana de Porto Alegre.

Em Barra do Ribeiro, o Guaíba se encontra no lado leste da cidade. Diferente de outros pontos, como ocorre em Porto Alegre, águas limpas e sem poluição banham as praias. Esporte aquático, pesca e natação podem ser usufruídas nas águas do Guaíba. O transporte fluvial para barcos, iates e veleiros podem ser feitos pelo Lago Guaíba.

Lagoa dos Patos

Ao lado do Lago Guaíba, o outro grande manancial de água que margeia a cidade é a Lagoa dos Patos. A Lagoa dos Patos, com uma área de 10 144 km², comprimento máximo de 265 km, largura máxima 60 km, profundidade máxima de 7m, é maior laguna da América do Sul. A versão principal para o nome da lagoa é que na região habitava uma tribo de índios era conhecida como Patos.

A Lagoa dos Patos vai desde a região Metropolitana de Porto Alegre até Rio Grande, onde se encontra com o Oceano Atlântico. As águas doces da laguna fundem-se com o mar, no Canal do Norte, na Barra do Rio Grande. Através do Canal de São Gonçalo, a Lagoa dos Patos interliga-se com a Lagoa Mirim.

Reserve seu hotel aqui

A Lagoa dos Patos tem uma importância estratégica para Barra do Ribeiro. O transporte marítimo de navios de grande porte pode ir desde a capital do estado do Rio Grande do Sul, passando por Barra do Ribeiro, até o Oceano Atlântico. A lagoa oferece belas praias, permitindo, ainda, a prática de pesca esportiva e artesanal, além de esportes aquáticos.

Praias

O manancial de águas que cerca Barra do Ribeiro oferece belas praias. As mais populares são Canto das Mulatas e da Picada.

Praia Canto das Mulatas

Localizada no Lago Guaíba, a Praia Canto das Mulatas tem aproximadamente 1 km de comprimento e 80 m de largura. A beira de praia possui areias finas e não poluídas. O local tem estrutura com bar, restaurante, toalete, camping, cabana, estacionamento e quadra para a prática de esportes.

BARRA DO RIBEIRO praia canto da mulata

Sobre Canto das Mulatas recai uma lenda. À noite ou dias com forte neblina, sem referência para retornar a terra, os pescadores seriam orientados pelos cantos de suas esposas, enquanto lavavam roupa na beira da lagoa. Assim, os pescadores retornavam para casa ao som do Canto das Mulatas, daí o nome da praia.

Praia da Picada

Localizada no Lago Guaíba, ao norte da sede da Barra do Ribeiro, a Praia da Picada possui um belo trapiche que adentra a lagoa. A praia é próxima da junção com a Lagoa dos Patos e o trapiche apresenta um belo cenário da fusão do Guaíba. Lamentavelmente, atualmente, o trapiche encontra-se em mau estado de conservação e interditado.

BARRA DO RIBEIRO Praia da Picada

A Praia da Picada é menor que a Praia do Canto das Mulatas. A Praia da Picada tem 500m de cumprimento e 50m de largura de areias finas e limpas. A praia é ideal para a prática de esportes aquáticos. O local tem estrutura com bar, restaurante, toalete, camping, cabana, estacionamento e quadra de esportes. Um calçadão iluminado possibilita às pessoas caminharem à noite ao lado da orla. Junto à praia, está o Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes.

Fábrica de Gaiteiros

BARRA DO RIBEIRO Fábrica de Gaiteiros

A cultura gaúcha faz-se presente em Barra do Ribeiro de diversas maneiras. Uma delas é a Fábrica de Gaiteiros. Trata-se de um projeto do lendário músico nativista gaúcho Renato Borghetti. Artista de música instrumentista, é reconhecido pela sua qualidade tocar em gaita-ponto. A fábrica destina-se à formação de construtores e alunos de acordeão diatônico (gaita de oito baixos). A técnica ensinada gratuitamente aos alunos é para a construção de acordeão de alto nível. O projeto do nativista gaúcho também tem escolas em Guaíba, Porto Alegre, Tapes, Butiá, São Gabriel e Bagé, com alunos entre sete e 15 anos de idade.

BARRA DO RIBEIRO Fábrica de Gaiteiros