BIOMUSEU: A HISTÓRIA DA BIODIVERSIDADE PANAMENHA

O Biomuseu é um ponto turístico do Panamá, inaugurado em 2014. Ele conta a história do país e do processo evolutivo de espécies nativas. A sua bela arquitetura chama a atenção dos turistas.

BIOMUSEU: A HISTÓRIA DA BIODIVERSIDADE PANAMENHA

Conhecemos o Biomuseu em nossa terceira visita ao Panamá, que foi em um Stopover de 12h na cidade. Chegamos de manhã em um voo de Porto Alegre e apenas à noite embarcaríamos para Las Vegas… Nada melhor que aproveitar para conhecer algum ponto turístico da cidade nessas horas, né?

Compre sua passagem aqui

O Museu fica a uns 30/40min de distância do aeroporto e optamos por pegar um táxi até lá, deixando marcada a nossa busca de volta. Como o museu era um pouco afastado, ficamos com receio de chamar um Uber para ir e não conseguir voltar. Além disso, olhamos o preço no aplicativo e não estava tão diferente do preço do táxi.

Contrate seu seguro aqui

O Biomuseu fica na Calzada de Amador, área proveniente da entrada do Canal do Panamá no Oceano Pacífico. A partir dali, já conseguimos visualizar a cidade moderna, o Casco antigo (“segunda cidade do Panamá”), o Cerro Ancóns (uma colina de 199m de altitude), bem como a Ponte das Américas.

O Museu

O seu acervo contém oito galerias permanentes com explicações do surgimento do Panamá e processo evolutivo de espécies nativas em três milhões de anos. Além disso, o museu também conta com exposições itinerantes.

As oito Galerias

Vitrina de la Biodiversidade

BIOMUSEU: Vitrina de la BiodiversidadeRSIDADE PANAMENHA 2

O planeta possui uma grande variedade de vida. O tema da primeira galeria é a biodiversidade e sua importância.

Panamarama

BIOMUSEU: Panamarama

Dez telas de projeção, espalhadas no teto e paredes, inserem o visitante em uma representação audiovisual das maravilhas que formam o ecossistema do Panamá. É um pequeno filme.

El Puente Surge

As forças do interior da terra que formaram o istmo se apresentam em forma de três escultura tectônicas de 14 metros, em um encontro tátil e físico com o mundo geológico.

El Gran Intercambio

Uma grande escultura com estampas de animais representa 72 das espécies que começaram a cruzar o istmo há 3 milhões de anos.

El Gran Intercambio BIOMUSEU: A HISTÓRIA DA BIODIVERSIDADE PANAMENHA

La Huella Humana

Dezesseis colunas contam a história dos seres humanos no istmo e suas interações com a natureza panamenha ao longo do tempo. Istmo é uma pequena faixa de terra que liga duas maiores. Essa área é aberta e parcialmente ao ar livre.

BIOMUSEU: La Huella Humana

Reserve seu carro aqui

Océanos Divididos

Os aquários de semicilindros mostram como o Pacífico e o Caribe evoluíram de maneiras diferentes quando foram separados pelo surgimento do istmo.

BIOMUSEU: A HISTÓRIA DA BIODIVERSIDADE PANAMENHA 5

La Red Viviente

Uma escultura de 15m combina plantas, animais, insetos e microrganismos para criar o efeito de que todas as criaturas têm a mesma importância.

Panamá es el museu

Telas touch screen, projetores e sensores de movimentos mostram a relação entre a diversidade da biologia e a cultura do Panamá, convidando o visitante para conhecer a história em Primeira mão.

Jardins do Museu

Jardín de la interdependencia

Nessa área, apresentam-se os conceitos de polinização, simbiose e as relações entre as plantas e outros organismos.

Jardín de la evolución

Aqui é feita a comparação da evolução e reprodução entre as plantas primitivas e as plantas com flores.

Prado de la microdiversidad

O visitante pode descobrir a riqueza da diversidade escondida no Panamá.

Jardín de los cultivos

Esse jardim conta a história do uso de plantas no país.

Jardín de la supervivencia

Uma parede de pedra ajuda a desvendar como as plantas se adaptaram para crescer e sobreviver nos lugares mais inóspitos.

Jardín del agua

O Jardim da água demonstra a importância, a diversidade, bem como a complexidade dos ecossistemas aquáticos.

Paseo del Canal

Um percurso dedicado à história do Canal do Panamá, assim como à sua paisagem circundante.

Plaza de la gente

É um espaço de reflexão, para pensarmos sobre as consequências das decisões de consumo que tomamos diariamente. Nós todos somos parte da biodiversidade, bem como responsáveis pela sua conservação.

A arquitetura

Um destaque do Biomuseu é a sua arquitetura, com telhados coloridos. A sua beleza diferenciada chama atenção dos visitantes. O edifício foi desenhado para contar a história de como o istmo do Panamá surgiu do mar, unindo os continentes, separando um grande oceano em dois e trocando a biodiversidade do planeta para sempre. O prédio foi desenhado por um dos arquitetos mais importantes do mundo: Frank Gehry. O Biomuseu é sua primeira obra na América Latina. Algumas de suas obras que se destacam são: Disney Concert Hall, o Experience Music Project, bem como o museu Guggenheim de Biolbao.

BIOMUSEU: A HISTÓRIA DA BIODIVERSIDADE PANAMENHA 1

Reserve seu hotel aqui

Horário: 10h às 16h (segunda até sexta); 10h às 17h (sábado e domingo).

Endereço: Amador Causeway 136, Panama City, Panamá