CONHECENDO TORTOLA EM UM DIA

A principal ilha das Ilhas Virgens Britânicas, onde se encontra a capital do território ultramarino e seu polo comercial, com restaurantes e hotéis, concentrando 80% da população do território. O nome “Tortola” é de origem espanhola e significa “pomba-da-tartaruga, uma pequena pomba marrom muito comum nas colinas da região. Apesar de ser a principal ilha, é possível conhecer Tortola em um dia.

 

Nesse blog, você vai encontrar:

_Sobre as Ilhas Virgens Britânicas

_Como chegar em Tortola

_História do arquipélago

_Quanto tempo ficar

_O que fazer em Tortola

O arquipélago

 

As Ilhas Virgens Britânicas são um território ultramarino britânico. A capital é Road Town, situada na Ilha Tortola. As quatro principais e maiores ilhas são Tortola, Virgin Gorda, Anegada e Jost Van Dyke. O arquipélago abrange aproximadamente 50 outras ilhas pequenas, sendo que cerca de 15 delas são habitadas.

 

Como chegar

 

O Brasil não possui voo direto para as Ilhas Virgens Britânicas, de modo que o brasileiro precisa fazer conexão nos Estados Unidos, preferencialmente em Miami ou na Cidade do Panamá. Pega-se um voo da Copa Airlines do Brasil até a Cidade do Panamá, fazendo-se conexão para St. Maarten ou Santo Domingo, de onde há voo direto para Tortola.

As Ilhas Virgens Britânicas estão no roteiro de cruzeiros. O principal porto de ancoragem é Road Town, com capacidade para receber até dois cruzeiros por vez.

História

 

Entre 1648 a 1672, Tortola ficou sobre o domínio holandês. Entre 1624 a 1680, Virgin Gorda foi colônia da Coroa dos Países Baixos. A Inglaterra conquistou Tortola em 1672 e Virgin Gorda em 1680, expulsando os holandeses da região das Ilhas Virgens. Por ocasião do domínio holandês, a região era conhecida como Ilhas Virgens Holandesas, que incluíam Tortola, Anegada, Virgin Gorda, Santo Eustáquio, Saint Thomas e Saint Croix, essas últimas duas hoje pertencentes às Ilhas Virgens Americanas.

Quanto tempo ficar

 

Nós ficamos 4 noites e 3 dias hospedadas em Tortola, mas reservamos um dia para conhecer essa ilha e, nos outros dois, fomos conhecer Jost Van Dyke e Virgin Gorda. Se você tiver mais um dia no arquipélago, vá conhecer Anegada. Apesar de ser a principal ilha, Tortola é a que tem menos atrativos turísticos dentre as principais; ainda assim, vale tirar o dia para conhecer. Optamos por ficar hospedadas nessa ilha porque, sendo a principal, tem ferrys para todas outras e o valor da hospedagem é mais em conta. Nossa recomendação é reservar um dia para conhecer cada ilha. Virgin Gorda com certeza é um must-see, então não deixe de incluí-la no seu roteiro!

O que fazer em Tortola

 

Tortola foi a única das Ilhas Virgens Britânicas em que alugamos carro (com um pouco de insistência e o pagamento de taxa, a locadora aceitou uma motorista de 24 anos). No nosso primeiro dia, contornamos a ilha a bordo do veículo.

Obs.: não incluímos Beef Island no nosso roteiro, mas é nessa ilha que fica o aeroporto do lado de Tortola, com uma ponte ligando as duas. A ilha não é muito frequentada; o principal ponto turístico é Long Bay.

 

Conhecendo Tortola em um dia: uma volta de carro

 

Alugamos o carro próximo ao West End Ferry Terminal e dali começamos nossa volta. Vamos colocar os pontos na ordem em que visitamos.

 

Fort Recovery

É um forte localizado num hotel. Quando entramos, só perguntamos pelo forte e a responsável pelo hotel nos indicou onde estacionar. Não foi cobrada nenhuma taxa.

Fort Recovery Hotel em Tortola

Fort Recovery

 

Fort Burt Hotel

Mais um forte que fica num hotel. Foi um pouco mais difícil encontrar o lugar, já que fica numa montanha. Subimos uma rampa acentuada de carro e logo ali estava o forte.

Fort Burt Hotel

Fort Burt Hotel

 

Queen Elizabeth II Park

Um pequeno parque do lado do mar. É um dos principais pontos turísticos da ilha, mas, quando fomos, não tinha ninguém.

Queen Elizabeth II Park Tortola

Queen Elizabeth II Park

 

Old Government House Museum

O prédio se localiza em uma colina cercada pela natureza. Trata-se da antiga residência do governador das Ilhas Virgens Britânicas. Atualmente, o museu está fechado, porém nós o avistamos do estacionamento do Queen Elizabeth II Park.

Old Government House Museum em Tortola

Old Government House Museum

 

Main St.

Main St. Road Town Tortola

Main St.

A rua principal de Road Town é bem charmosa, mas foi afetada pelo furacão Irma de 2017 e quando fomos em 2019 ainda percebemos resquícios. Ali estão alguns pontos turísticos: Britannic Hall, Anglican Church St. George e Her Majesty´s Prison Museum.

Britannic Hall

Britannic Hall

Anglican Church St. George

Anglican Church St. George

 

Jardim Botânico J.R O´Neal

É um jardim botânico com uma rica flora. O local visa à conservação de plantas e à realização de pesquisas científicas. No jardim, há um herbário; também possui local para eventos, piqueniques e casamentos. O jardim é pequeno, mas vale a visita para quem for conhecer Tortola. Acesso livre.

Jardim Botânico J.R O´Neal

Jardim Botânico J.R O´Neal

 

Tortola Pier Park

O porto de cruzeiros da ilha é um dos cantinhos mais charmosas de Tortola. Tem estacionamento, restaurantes, sorveteria e lojas. O local costuma ter movimento em dias de cruzeiro; nos outros dias, alguns estabelecimentos fecham. Visitamos em dia sem cruzeiro e achamos bem tranquilo.

Cruise Ship Pier

Cruise Ship Pier

 

Craft Alive Village: onde comprar

O centro comercial Crafts Alive Village possui diversas casas coloridas no estilo das Índias Ocidentais, com produtos artesanais. O local é bom para compras, mas, mesmo se você não quiser comprar nada, vale caminhar no local para ver as casinhas coloridas. Fica bem perto do porto. Assim que saímos do porto, estacionamos na parte de trás do Craft Alive.

Crafts Alive Village onde comprar

 

Praias

Seguindo a volta na ilha, nos afastamos de Road Town em direção ao atrativo mais tradicional do Caribe: as praias. Do outro lado da costa se encontram as melhores praias. Escolhemos cinco delas para passar e achamos duas melhores para banho: Joasiah´s Bay e Brewers Bay. Outra praia linda, o cartão postal da ilha, é Cane Garden Bay Beach.

Agora, vamos mostrar todas as praias que passamos na ordem.

 

Joasiah´s Bay

Josiah’s Bay, o paraíso do surf! A praia é procurada por surfistas, principalmente durante o inverno, quando as ondas atingem o maior pico.

A praia é boa para tomar banho, especialmente quando as ondulações são poucas. Em dias de mar calmo, as águas são boas para a prática de snorkeling. Durante o inverno, porém, considerando que a enseada está aberta para o mar, há fortes ondas e correntezas.

Tortola em um dia: Joasiah´s Bay Praia

Joasiah´s Bay

 

Brewers Bay

Praia situada em uma enseada, cercada de morros verdejante, com água azul, calma e rasa e faixa de areia branca. Ao chegar nessa praia, nos encantamos com seu ar paradisíaco e o pouco movimento.

Praia Brewers Bay

Brewers Bay

 

Cane Garden Bay

O cartão postal da ilha… e não é para menos! Mesmo antes de chegar, já se avista, nas subidas e decidas, a beleza magistral dessa praia: mar azul-celeste, águas cristalinas e calmas, faixa de areia branca e sombras de coqueiros compõem o belo cenário. Tem vários iates estacionados ali; por esse motivo, julgamos as duas praias acima melhores para banho, mas, se você gosta de estar no meio do agito, provavelmente vai preferir passar mais tempo em Cane Garden.

O cartão potal de Tortola: Cane Garden Bay

Cane Garden Bay

 

Apple Bay

Essa seria uma sexta praia muito boa, mas não incluímos na nossa volta, pois era onde ficava nosso hotel. Colocamos ela aqui para ficar na ordem da costa. A praia está localizada numa enseada de água azul, com ondulações e uma pequena faixa de areia sombreada por palmeiras. No piso do mar, há pedras. Assistir ao pôr do sol da beira da praia é lindo.

 

Long Bay Beach

A praia tem cor azul-celeste, com pequenas ondulações. É a faixa de areia branca mais longa de Tortola, com mais de um quilômetro, sombreada por palmeiras.

Long Bay Beach Tortola

Long Bay Beach

 

Smuggler´s Cove

Smuggler’s Cove (“Angra do Contrabandista”, em português) é um lugar isolado, localizado numa enseada com forma que lembra uma lua crescente. Tem mar azul, água clara e morna e uma faixa de areia branca sombreada por palmeiras. A beira da praia é pedregulhosa.

Smuggler's Cove

Smuggler’s Cove

Dica: usar sapatinhos de água para não se machucar nas pedras.