LAURO MULLER, CAMINHO PARA SERRA DO RIO DO RASTRO

A pequena Lauro Muller é conhecida por ser passagem obrigatória de um dos mais belos cartões postais de Santa Catarina, a Serra do Rio do Rastro. Como nas municipalidades vizinhas, a comunidade é de origem colonial italiana, apesar do nome germânico da cidade.

História

No ano de 1827, a localidade começou a exploração de minério de carvão. O ponto alto da exploração carbonífera se deu no final do século XIX, com a chegada da imigração italiana. Essa indústria, até os dias de hoje, é um dos principais setores da economia da localidade, sendo uma das principais áreas geradoras de emprego. O turista pode visitar a Mina de Carvão Modelo situada em frente à Capela de Santa Bárbara, distrito de Barro Branco, para conhecer um pouco sobre como era a vida dos mineradores e características das minas.

Compre sua passagem aqui

Os imigrantes italianos que se localizaram ao sul de Santa Catarina eram provenientes das províncias italianas de Veneza, Treviso, Ferrara, Belluno, Cremona, Ferrara, Udine e Bérgamo.

A cidade teve vários nomes, sendo o primeiro Bom Retiro. Após, chamou-se Arraial da Mina, Mina dos Ingleses, Minas e, por fim, em 1905, em homenagem ao político e primeiro governador do Estado de Santa Catarina, Lauro Severiano Muller. Lauro Muller era ajudante de ordem do Marechal Deodoro da Fonseca.

Onde fica Lauro Muller?

Situa-se ao sul de Santa Catarina, fazendo limite com os municípios de Treviso, Orleans, Bom Jardim da Serra e Urussanga. Lauro Muller fica na região turística Encantos do Sul. A cidade está localizada início da Serra do Rio do Rastro.

População: 13.400 habitantes

Altitude: 220m

Como chegar?

Via SC-446, pelo lado norte proveniente de Bom Jardim da Serra, descendo a Serra do Rio do Rastro. Já pelo lado sul, o visitante pode vir de Nova Veneza. Para chegar a Nova Veneza, pega-se a BR 101 e entra-se na SC-446 ou SC-445.

Distância de Nova Veneza:  42 km

O que fazer?

Lauro Muller se caracteriza pelo ecoturismo, turismo de aventura, além de ter atrações de cunho religioso.

Ao lado da Serra do Rio do Rastro, também se destacam alguns pontos turísticos desta pequena cidade catarinense.

Serra do Rio do Rastro

O principal atrativo da região é a Serra do Rio do Rastro, que liga Lauro Muller e Bom Jardim da Serra. Lauro Muller é a porta de entrada para a estrada da Serra do Rio do Rastro, sendo passagem obrigatória para quem percorre a estrada serrana, SC-390, uma das mais belas do Brasil.

LAURO MULLER, CAMINHO PARA SERRA DO RIO DO RASTRO 3

Uma revista espanhola já classificou a estrada como a mais assombrosa do mundo, com cenários de tirar o fôlego, com cachoeiras e matas. Com 284 curvas em seus 25 km, com aproximadamente 11 km em curvas, ora para o lado direito, ora para o esquerdo, com subidas íngremes e curvaturas acentuadas, a estrada liga Lauro Muller a Bom Jardim no alto da serra. De um lado da estrada, há um penhasco e, do outro lado, paredões cobertos por mata e águas correndo entre as rochas. O verde da região integra a Mata Atlântida. A estrada encontra-se dentro da área de preservação Ecomuseu Serra do Rio do Rastro.

Contrate seu seguro aqui

Para o viajante que não conhece a estrada, o indicado é realizar o sentido de subida – eis que o grau de dificuldades de condução vai aumentando. No trajeto, o motorista pode se deparar com alguns caminhões. Iniciando a viagem por Lauro Muller, o trecho de saída é calmo, apesar de ser sinuoso. A subida propriamente dita inicia em Guatá. Além disso, há várias curvas em formato de cotovelo. No lado direito da pista, há alguns recuos que permitem paradas para apreciar o cenário cinematográfico e tirar fotos.  No alto da estrada, ao final, há um emblemático mirante, com 1421m de altitude, de onde se vislumbra a região e a estrada em curvas. A estrada se ilumina. Assim, à noite, há outra paisagem digna de cartão postal.  Em dias de serração e neve, a estrada costuma estar fechada e, caso aberta, não é aconselhável percorrê-la.

Ao trafegar pela estrada, há mirantes e outros atrativos para visitar – alguns pertencem a Lauro Muller e outros a Bom Jardim. Vamos listar os atrativos na direção de quem está subindo a Serra, ou seja, Lauro Muller para Bom Jardim:

_Monumento aos Tropeiros;

_Cascata Rio do Rastro;

_Mirante do Poste 55;

_Cânion da Ronda;

_Mirante da Serra do Rio do Rastro.

Cervejaria Lohn Bier

A cervejaria está localizada na estrada entre Orleans e Lauro Muller. No local, há a fábrica e uma loja, onde é possível adquirir as bebidas da cervejaria, sendo algumas delas premiadas. Da própria loja, enxergamos parte da fábrica, através de um vidro que conta um pouco da história da Lohn Bier. A cervejaria foi inaugurada em outubro de 2014 por uma família alemã, por causa de sua paixão por cervejas artesanais.

LAURO MULLER, Cervejaria Lohn Bier LAURO MULLER, CAMINHO PARA SERRA DO RIO DO RASTRO 1

Horário: 10h ao 12h e 13h às 18h, de terça-feira até sábado. 13h às 18h domingo. Fechado na segunda-feira.

Igreja Nossa Senhora dos Campos

O Catolicismo é forte na cidade e, por isso, encontramos várias igrejas, inclusive são os principais atrativos de Lauro Muller. Na direção norte para sul, a primeira que encontramos é a Igreja Nossa Senhora dos Campos, localizada no Km 107. Primeiramente, ela se chamava Corte da Marcela, nome sugerido pelos ingleses pois havia muita planta marcela no local. Contudo, o ponto também era conhecido como Poço do Tigre, porque os idosos diziam que tinha um poço onde dormia uma fera.

LAURO MULLER, Igreja Nossa Senhora dos Campos

Reserve seu carro aqui

Assim que os imigrantes se instalaram, construíram uma pequena capela, que depois deu lugar à atual igreja, erguida em 1945.

Estação Ferroviária Dona Tereza Cristina e Sede EcoMuseu Serra do Rio do Rastro

A Antiga Estação Férrea foi inaugurada em 1884 e funcionou até 1981. Atualmente, é uma secretaria de cultura e sede do Ecomuseu Serra do Rio do Rastros (desde 2017).

LAURO MULLER, Estação Ferroviária Dona Tereza Cristina e Sede EcoMuseu Serra do Rio do Rastro

Visando valorizar e preservar o patrimônio ambiental, foi criado o Ecomuseu Serra do Rio do Rastro, que tem sede dentro da antiga estação

Paróquia Imaculado Coração de Maria

LAURO MULLER, Paróquia Imaculado Coração de Maria

É a atual igreja matriz, localizada no centro de Lauro Muller, considerada um dos maiores templos da religião da cidade. Sua arquitetura é diferente, em formato redondo. Inicialmente, foi feito um altar modesto no local e a primeira imagem foi um quadro do Imaculado Coração de Maria. Assim, essa imagem passou a ser padroeira da casa paroquial. Depois, uma capela foi construída e demolida em 1973 para construção da atual paróquia. Assim, no mesmo ano, já iniciou a construção da igreja. Em 2009, foi instalada a imagem do Imaculado Coração de Maria em frente à igreja. O ponto também é um mirante para a cidade, pois está em uma pequena colina.

Castelo Henrique Lage

O Castelo de Lauro Muller é a atração mais bonita na cidade. Entretanto, infelizmente atualmente não é possível conhecer suas dependências, pois é uma propriedade privada não aberta à visitação. Dessa forma, podemos avistar o belo castelo de longe, da estrada, já que o local fica no topo de uma colina. Réplica de um castelo suíço, ele foi construído em 1919 por Henrique Lage, período em que ele morava com sua esposa, Gabriella Bezanzoni (cantora italiana) no Rio de Janeiro, também em um castelo, que hoje é o Parque Laje. Nesse período, suas minas de carvão em Santa Catarina eram administradas por Walter Vetterli – por isso, Henrique ia bastante para a cidade, onde ficava no Castelo de Lauro Muller com a sua esposa.

LAURO MULLER, Castelo Henrique Lage

O castelo chegou a funcionar como pousada por um curto período, depois de sua reforma em 1994. A construção foi tombada em 1998 pela fundação catarinense de cultura.

Museu dos Colonizadores

LAURO MULLER, Museu dos Colonizadores

O museu é mantido pelo técnico de extensão rural Amilto Guimarães. No acervo, há peças vindas da Itália e Alemanha. Encontramos antiguidades como ferramentas artesanais e equipamentos utilizado na agricultura. Uma das relíquias é um fóssil de toco de árvore com mais de 250 milhões de anos.

Igreja Santa Bárbara e Gruta- Barro Branco

A igreja Santa Bárbara e a Gruta estão praticamente juntas e formam um dos principais atrativos da cidade. Primeiramente, a Capela de Santa Bárbara de Barro Branco era em madeira, inaugurada em 1932. Posteriormente, a capela atual foi construída e inaugurada em 1950.

LAURO MULLER, Igreja Santa Bárbara

Reserve seu hotel aqui

Foi nessa região, que se chamou Barro Branco, que teria sido descoberto o carvão brasileiro.

LAURO MULLER, Gruta- Barro Branco

Então, a Gruta Santa Bárbara foi construída na capela, como mina modelo para homenagear os mineiros.

LAURO MULLER, Gruta- Barro Branco

Igreja Nossa Senhora da Natividade – Palermo

LAURO MULLER, Igreja Nossa Senhora da Natividade – Palermo

O Povoado de Palermo teve início por volta de 1890. A Capela Nossa senhora da Natividade foi fundada em 1913, entretanto a igreja atual foi construída em 1940. Primeiramente, a capela era de madeira, na margem direita do rio. Então, em 1940, fizeram uma capela em alvenaria com paredes de 40cm de espessura, templo que conhecemos nos dias de hoje.

Igreja São Rafael Arcanjo – Novo Horizonte

A Igreja localizada no Novo Horizonte fica no início da estrada para Serra do Rio do Rastro. Antigamente, era rota dos tropeiros e de quem precisasse se deslocar entre serra e litoral – por isso, era um ótimo lugar para negócios. A primeira igreja foi erguida em 1928, em estilo barroco, e dois anos depois São Rafael Arcanjo foi escolhido como padroeiro da comunidade.

LAURO MULLER, Igreja São Rafael Arcanjo - Novo Horizonte

A mineração chegou na região por volta de 1950 e 1960 e abriu a rodovia SC 438, que corta a Serra do Rio do Rastro. A estrada parecia um progresso, contudo não foi bom para comunidade, pois não havia mais necessidade de parada para descanso em Novo Horizonte com o transporte de carros e caminhões.